24 anos

São momentos fugazes e vorazes que fazem me lembrar disso. Momentos que vem com uma música que me encharca da cabeça aos pés, com um trecho de algum livro, com uma pintura, o balançar de galhos ao vento, ou aquele mar. Toda minha vida eu sempre busquei uma grande complexidade. Sempre tive estonteantes almejos, deslumbres, tormentos. E até hoje, sonho demais, manipulo demais, e toda esta demasia me consome, me esmaga. E em sutis momentos consigo me lembrar – ou enxergar – que tudo que preciso é de simplicidade.

Fui passar o meu aniversário na praia, numa isolada praia num condomínio fechado do litoral norte. Eu precisava daquele mar, como sempre preciso. Precisava lhe contar minhas dores, minhas esperas e desesperas. Precisava ouvi-lo rir dos meus míseros problemas e dizer como sou tola. Acima de tudo precisava disso, ouvi-lo, desde dos sermões até as historias sobre piratas, tritões e sereias.

Umas das minhas maiores angustias é como nós conseguimos dominar tão bem a teoria e sermos totais leigos na prática. Sabemos as direções, as formulas, os porquês, mas isso de nada serve. Na hora de agir, de viver, somos eternas crianças, presos aos nossos instintos e aflições; movidos pelos nossos medos e desejos. E quanto mais vivo, menos sei como fugir desta condição.

E são, infelizmente, fugazes conscientizações que me fazem rir de mim mesmo, imitando aquele mar. E me flagro com um sorriso, me sentindo bem, aliviada e livre, por saber que não, não preciso desta insaciável procura por algo que nem se quer sei o que é, mas creio arduamente precisar disso; como uma cura para uma doença incurável.

Era véspera de meu aniversário, quase meia noite, estava sentada numa cadeira dobrável sobre a areia, tão perto do mar que precisava levantar as pernas quando as ondas vinham. Atrás de mim havia uma pousada na orla, e quando reparei havia uma fogueira em sua frente já abandonada. Me dirigi até lá. Era como uma gigante vela num chegante bolo de aniversário que era aquele lugar. Mas eu não poderia desejar nada. Aquilo já era um desejo realizado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s