TOC

Abri a torneira do banheiro, peguei um balde, enchi até a boca e joguei a água no chão. Repeti. Repeti. Repeti. Quando percebi, vi que água já batia em minha cintura. E fiquei confusa, não sabia porquê estava fazendo aquilo. Comecei então o processo contrário: encher o balde com a água do chão e jogá-la na pia. Repeti. Repeti. Repeti. Quando percebi, vi que eu me esquecera de fechar a torneira. A água já batia no teto. E eu me afogava. Tentei desesperadamente abrir a porta, mas a pressão era muita, não conseguia chegar até a maçaneta. Tentei gritar, mas mesmo se conseguisse, quem escutaria? E fui perdendo os sentidos, como se adormecesse. Como se desaparecesse. Sem perceber.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s