Maya e Samsara

Quando decidi vir para Curitiba, uma ramificação me apartava. Eu tinha vontades e necessidades. Como sempre. E como sempre, tentei saciar ambas as partes. Para isso, só com isso, fantasiei minhas necessidades de vontades. Pensei ter escolhido uma direção quando na verdade, percorria a contrária. Isso, eu pensava antes. Agora, suponho que seja inevitável o confronto, mas arbitrária a ação. E assim, variante a consequência. A realidade não é lateral como em sua idealização. A vida é multidimensional, não plana. Deste modo, há direções, mas não diretrizes. Mediante tal entropia, dissipar é a única certeza.

Hoje novamente me aparto. Sento-me diante à Hécate sobre sua encruzilhada e a imploro um discernimento. É escuro eu digo. Eu não enxergo. A anciã pousa sua mão sobre meu ombro e sussurra-me um dialeto estranho. Eu não entendo. Há uma mortalidade em meus ouvidos. Uma humanidade em meus olhos. Impedindo. Sentenciando. Exausto, meu corpo cai no chão e minha boca engole os pés.

“Quando decidi ir para São Paulo”, já escrevi. Quando decidir ir para Europa. Quando decidi voltar para Araraquara. Eu tinha vontades e necessidades, já conclui. E me perverti. Incontáveis vezes. Estou cansada digo aos deuses. Grito ao vento. Soluço ao relento. Estou exausta de mim. E já não sei como livrar-me.

Não quero repetir os mesmos erros, os mesmos sinuosos, as mesmas prisões. E, no entanto, sinto o meu querer cada vez mais amordaçado. O tempo me consome, e eu não sobrevivo. Desço ao submundo, demônios não impedem, reconhecendo a minha natureza. Possuo o Inferno atravessado no peito. Fogo garimpado nos olhos. Sou tão deles como eles são de mim. Hécate me espera. Eu a entrego a minha morte. Mais uma vez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s