O tempo e A espera

Estamos morrendo de fome. Mas ainda estamos vivos – você me diz. Não há nada na dispensa, se não fizermos algo vamos morrer! Mas ainda estamos vivos – você me diz. Já que ainda estamos vivos, vamos buscar leite e trigo! Estamos longe demais de qualquer comércio ou de qualquer campo. Então vamos caminhando! Estou cansada demais, não como há dias. Então vamos rastejando, mas vamos! Iremos demorar muito e morreremos no caminho. Não importa, eu quero tentar e não me entregar! E eu não quero fracassar. Mas fracassar é desistir! Não, Isso não é uma luta, é uma injustiça. Trabalhei a vida inteira e não tenho dinheiro ou alimento. Hoje sou velha e cansada. Mas iremos morrer! Mas ainda estamos vivos – você me diz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s