Solúvel

Algo mais alcançável diria, porque viver de amanhã diluí o hoje. Torna-se abstrato. Invisível. Viver de sonho dói, muito.

Dentro de mim vivem duas, uma menina deslumbrada e uma velha cansada. Onde está aquele adulto lúcido e sensato que acreditávamos que seríamos? Não existe. Apenas há está infância-velhice impenetrável e absurda. Eu tento unir, equilibrar, revezar de papel para não atrofiar, mas essa mistura é heterogênea e dispersa. Desapareço entre extremos infinitos.

Algo mais certo diria, mas a inconstância é a única certeza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s