Trabalho e Ofício

O primeiro trabalho de minha vó, seguindo costume de época e de classe, foi o de cuidar da casa e dos irmãos. Ainda criança aprendeu a faxinar, lavrar, cozinhar, ser mãe. Na puberdade já trabalhava na rua, vendendo as verduras e os frutos do quintal. Um pouco mais tarde, aos 16 anos, entrou na fábrica de chapéu, serviço que permaneceu até o casamento. Depois disso, multiplicou-se para conseguir trabalhar para a casa, para o marido e para os filhos.

Quando meu avô adoeceu ela tornou-se sua enfermeira e sua mãe. Meu avô a cada dia rejuvenescia, retrocedia, renascia num corpo gasto demais para continuar. Então, meu avô se foi a procura de um novo formato de ser. E minha vó ficou. Ficou em uma casa vazia sem marido, sem filhos, sem cuidados. Um deserto. Não tenho mais sentido para viver – ela dizia, e ainda diz.

Minha avó viveu para os pais, para os irmãos, para o marido, para os filhos; nunca para ela. Sua vida foi cuidar e após a morte de meu avô, não havia mais quem cuidar. Não havia mais motivo. Então ela também foi indo, indo, indo. Esquecendo-se. Escondendo-se. A minha mãe chora às vezes, como chorou ontem e ainda chorará tantas vezes, perguntando-se por quê. Por que tudo tem que ser assim.

Trabalho é o que fazemos para conseguir viver. Ofício é o que fazemos para suportar viver. O trabalho e o ofício de minha avó sempre foi cuidar dos outros. Hoje, aos 70 anos e sem “os outros”, aprender a cuidar de si é como aprender um idioma em uma terra estrangeira. Uma linguagem incompreensível, mas necessária.

Sábado minha avó me presenteou com uma toalhinha bordada. Eu que fiz – ela disse. De tanto insistirmos, dos médicos insistirem; começou a fazer crochê. Antes de irmos a sua casa ela disse: vou ficar aqui fazendo crochê até vocês chegarem. É maravilhoso isso. Ela se dedicando a algo, construindo algo. Trabalhando para ela. Com todo orgulho mostra as toalhinhas e panos de prato adornados de crochê. É um tesouro isso. Um ofício. E uma esperança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s