Durga

Tenho Durga como escudo
Arquétipo de força
Egrégora de proteção
Espírito de fogo.
Meus deuses são internos
Vivem nos olhos
Escorrem pelo sangue
Soltam libido na pele
Sinto Durga nas unhas
No arrepio da espinha
Na fúria de persistir
Na segurança de abstrair
Na certeza que sou maior
E nada pode me atingir
E nada pode me atingir
Eu sou Durga.

Anúncios